segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Com qual dos grupos você se identifica?


No início era somente a multidão. Em Seu batismo, a multidão vê o Espírito Santo descendo do céu e ouve a voz de Deus, que dizia o quanto Ele era especial, mas não O segue. E os futuros discípulos a um chamado, sem ver milagre algum e nada de sobrenatural nEle, decidem segui-LO.

No sermão do monte enquanto a multidão estava longe, os discípulos aos Seus pés, tomavam assento e O ouvia e aprendia. Quando Ele termina, tanto discípulos como a multidão estavam maravilhados.

A multidão era servida por Ele enquanto os discípulos O serviam. O convite dEle foi feito para todos, tanto para multidão como para os discípulos, mas somente os discípulos aceitaram.

Na cura dos endemoninhados somente os discípulos O compreenderam enquanto a multidão O mandou embora. Enquanto os discípulos ficavam maravilhados, a multidão ficava irada não atentando para a liberdade dos que eram endemoninhados, mas para a perda dos porcos.

Ele não fazia acepção de pessoas, comia tanto com os discípulos como com a multidão.

Quando Ele disse que a filha falecida do “chefe” apenas dormia, a multidão enchia-se de risos e gargalhadas, enquanto os discípulos, silenciosos, apenas acreditavam.

Havia coisas das quais Ele pedia à multidão curada que ninguém mais ficasse sabendo, mas esta espalhava para todos, não entendendo a intimidade que estava sendo proposta. Ele se compadecia tanto da multidão como dos discípulos. A multidão adorava ser servida por Ele, enquanto os discípulos recebiam cargos.

Os discípulos O seguem sem hesitar, mas a multidão, preocupada com tantas outras coisas, primeiro queria resolver algo para então depois O seguir.

A multidão correndo de um lado para o outro procurava por vida, enquanto os discípulos perdiam suas vidas por Ele.

O SEU julgo é suave e tanto a multidão como os discípulos poderiam segui-lo.

Ali, estava Ele, maior que o templo, mais poderoso que a religião, e com maior autoridade que qualquer lei, ainda assim, era Ele humilde, manso e respeitoso para com todos.

E por parábolas Ele ensinava, mas nem multidão, nem discípulos entendiam o que Ele queria dizer, mas somente os discípulos pediam explicações.

A multidão satisfeita (sem enfermidade, sem fome, sem demônios) voltava para suas casas, mas os discípulos mantinham-se atentos as Suas sábias palavras.

Somente os discípulos conheciam bem seu Mestre. Havia coisas que somente para os discípulos Ele as revelava, porque eram intimas. Para a multidão era Ele o “deus de milagres”, mas somente os discípulos sabiam sobre sua divina humanidade.

Seus discípulos andavam apenas com a roupa do corpo, mas a multidão não abria mão de suas riquezas para segui-LO. E em Sua entrada em Jerusalém, a multidão alvoroçada clamava: “Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas maiores alturas!”.

Os discípulos ficam surpresos no momento da ceia, pois um momento tão importante deste era feito somente para os que Ele considerava íntimo. Após a ceia, mesmo tendo eles passado tantas coisas juntos, ainda assim os discípulos pisam na bola com Ele, O abandonam em oração, no momento em que Ele mais precisava, afinal, estava Ele para ser entregue a morte; ainda havia fragmentos de multidão em Seus discípulos.

A mesma multidão que O louvou na entrada em Jerusalém, agora pede que Ele seja crucificado e que em Seu lugar fosse libertado o maior dos criminosos. Após Sua ressurreição, Ele aparece aos Seus discípulos, e lhes faz um pedido: ”IDE E FAZEI DISCÍPULOS DE TODAS AS NAÇÕES”. Enquanto que para a multidão Ele estava morto, e a ultima imagem que tinham era dEle preso no madeiro.

NEle que somos!
R.Boy

2 comentários:

Danilo Fernandes disse...

Ola Rogério!


Queria convidar você para conhecer o meu blog, o Genizah que horas é pirado e engraçado, horas é exaltado e sério, mas é super do bem e tem como regra levar o Evangelho da Liberdade Verdadeira e a Santa Subversão de Jesus ao mundo egocêntrico e perdido nos seus valores! E, ainda dando tempo, aproveito para tirar uma onda com este pessoal que anda explorando a fé das pessoas e ainda dizendo que são cristãos... Ops!

Por minha vez, já me tornei seu seguidor.

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Pastoragente disse...

Graça e paz!
“Andando” por aí cheguei até o seu Blog e quero te parabenizar.
Já estou te seguindo e será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com.
Se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz. Um abraço.